Foursquare como álibi! Simplesmente dizer que está ou esteve em um determinado local não é tão forte quanto se ter provas. Ter um álibi sempre foi uma saída para reforçar argumentos, seja para provar a verdade, seja para convencer de uma mentira. Pois não é que o Foursquare, que já estava em uso também provar um paradeiro como álibi, agora ganha um reforço não tão white hat: conheça o My 4square Alibi. E as ideias de Marketing Digital que se renovem.

Acabei de dar check-in no Taj Mahal, mesmo estando bem tranquilo em Fortaleza, no Ceará. Tais ações de check-ins falsos na rede social Foursquare já eram perseguidas pela plataformas há algum tempo. Veio à tona nos últimos dias a mais recente novidade nas ações de Geolocalização, o My 4square Alibi (my4squarealibi.com).

My 4square Alibi

My 4square Alibi - Check-in so your storu checks out

Fora a discussão acerca de se ter ou não o Foursquare como álibi, contra crimes, investigações conjulgais e até mesmo compromissos profissionais, o My 4square Alibi traz o debate sobre como utilizar com toda confiança ferramentas de Geolocalização em ações de Marketing Digital.

Atuar com Geomarketing é hoje um dos melhores comportamentos de segmentação e foco de decisões rápidas e com mira em uma campanha. O uso de ferramentas de geolocalização em ações de marketing passou a servir não só para pesquisa de público, de tendência de mercado e de concorrência, mas também para ações de comunicação com promoção, eventos e até publicidade.

É bem verdade que o My 4square Alibi não venha a durar muito tempo, mesmo afirmando no rodapé que o próprio Foursquare não endossa a brincadeira. Uma vez o Foursquare desmontando esse drible, acabará fechando a fresta para outros sites com a mesma intenção. Mas simplesmente o surgimento dessa possibilidade já balança as convicções de que a tecnologia pode ser pensada, refletida e só depois usada, quando na verdade ela é ao mesmo tempo lançada, usada e reinventada, trazendo junto a necessidade de nós também nos reinventarmos em pensamento, estratégia e conhecimento para trabalharmos com ela.

Outras notícias:

.

Caso deseje trocar umas boas idéias, fique à vontade para mandar um comentário ou escrever para o Twitter @wgabriel1