Você sabia que o Facebook é a rede social mais acessada do Brasil? 8 entre cada 10 brasileiros possuem uma conta de acordo com dados da própria empresa, o que torna esse canal uma ótima ferramenta de marketing digital.

Utilizando a estratégia certa, é possível alcançar um volume expressivo de pessoas, aumentando o tráfego do seu site e conquistando mais negócios.

Quando falamos de publicidade no Facebook, existem 2 opções que parecem muito semelhantes, mas possuem características que podem ser decisivas para o sucesso da sua estratégia.

Nesse artigo, vou mostrar a diferença entre anúncios no Facebook Ads e impulsionamento nas publicações. Boa leitura!

O que é Facebook Ads?

É uma plataforma de anúncios pagos do Facebook que tem como principal objetivo atrair fãs, visibilidade e acesso para os produtos/serviços de uma empresa. Os anúncios podem aparecer em diferentes formatos, por exemplo:

  • na lateral direita do Facebook;
  • publicação no feed de notícias, com a palavra “patrocinado” abaixo do nome da empresa;
  • publicação no feed de notícias, com um botão de chamada de ação (“baixe o aplicativo”, por exemplo).

Nesse modelo de campanha, é possível criar os anúncios em dois formatos: CPC (custo por clique), quando o anunciante só paga quando houver o clique no anúncio, e o CPM (custo por mil), pago por cada 1.000 visualizações do anúncio.

O que são os posts impulsionados?

Você sabia que quando publica um post na sua página, ele é exibido apenas para uma parte dos seguidores? A ideia do impulsionamento é fazer com que mais seguidores visualizem o conteúdo.

Ao escolher esse tipo de campanha, o anunciante investe de acordo com o número de pessoas que serão impactadas com a mensagem, podendo escolher o valor de acordo com os seus objetivos.

Como escolher a melhor opção?

Agora que você conferiu as diferenças entre os dois modelos de campanha, veja como fazer a melhor escolha:

Compreenda o objetivo da publicidade

Se a ideia inicial é apenas apresentar sua marca ao público ou conquistar mais curtidas na página, criar os posts patrocinados pode ser melhor opção.

Impulsionar um post permite que os amigos dos seguidores também visualizem a publicação, e por estarem na mesma rede de contatos, a possibilidade de existir o mesmo interesse na página é grande.

O Facebook Ads possui mais funcionalidades, e o grande diferencial é que, além de determinar qual o público-alvo será atingido pela campanha, é possível definir qual é o feedback esperado. Alguns exemplos:

  • cliques no site;
  • conversões no site;
  • instalações de aplicativos;
  • participação em eventos.

Escolha o posicionamento do seu anúncio

Enquanto os posts patrocinados permitem que o anúncio seja exibido apenas no feed, no Facebook Ads é possível utilizar vários formatos, como carrossel, dinâmico ou exibido na lateral à direita. Essa é uma boa opção para lojas virtuais, que podem exibir vários produtos no mesmo anúncio.

Defina um período de exibição

Ao escolher os posts patrocinados, as opções de exibição se limitam a 1, 7 ou 14 dias. Pode ser interessante para divulgar promoções ou informações com tempo limitado. Já com anúncios no Facebook Ads, não existe restrição de tempo.

O Facebook é uma rede social com muito potencial de atração de tráfego e conversão de vendas. Para conquistar bons resultados, é necessário ter conhecimento sobre suas opções de publicidade, além de uma estratégia bem definida.

Nesse artigo, mostrei qual a diferença entre anúncios no Facebook Ads e posts patrocinados e como fazer a melhor escolha.

Já utiliza algumas dessas estratégias? Compartilhe nos comentários!